Terça-feira, 02 de Junho de 2020
ENERGISA CORONA

BrasilONG oferece acompanhamento psicológico e atividades on-line para jovens durante periódo de isolamento social

Postado 2 meses atrás Fonte: NA Comunicação e Marketing

Cursos de EAD, exercícios e vídeos fazem parte da programação criada pelo Instituto Ser + para manter a proximidade com os jovens 

 

Uma rede de amparo virtual foi criada para atender os jovens que participam dos projetos de capacitação desenvolvidos pelo Instituto Ser +, organização sem fins lucrativos que trabalha com jovens em busca de oportunidade. A interação vai acontecer por meio de vídeos, e-mails e mensagens nas redes sociais. Os educadores estarão on-line para tirar dúvidas e apresentar conteúdos, além disso, psicólogos, assistentes sociais e equipe pedagógica estão preparados e de prontidão para ajudar a amenizar os possíveis efeitos do isolamento social. 

O objetivo é oferecer atividades diversificadas para que os jovens possam manter a recomendação de permanecer em casa, mas evitar a ociosidade, como ressalta a diretora-executiva do Instituto Ser +, Wandreza Bayona. “Preparamos uma rede de acompanhamento virtual para nos aproximar dos jovens. Para manter o conteúdo, os cursos continuaram via EAD, com exercícios e atividades on-line, e os educadores estão em tempo real para esclarecer dúvidas”, ressaltou.

A diretora-executiva do Instituto Ser + destaca ainda a importância da manutenção das atividades, mesmo que a distância. “Os jovens que atendemos fazem parte de um grupo de pessoas com acesso a poucos recursos financeiros, de moradia, educação e oportunidades para seu desenvolvimento. A pandemia compromete as atividades, mas essa rede de acompanhamento que criamos vai nos ajudar a estar junto com esses jovens e oferecer opções para que possam ocupar o tempo com aprendizado, mesmo que pelo celular”, completa. 

O isolamento social pode causar desconforto e gerar problemas emocionais, por isso o contato próximo com os jovens também ajudará a identificar isso. “Nossos psicólogos, assistentes sociais e toda a equipe pedagógica estão acompanhando todo o processo de perto e, assim, vão poder intervir para auxiliar os jovens em todas as questões socioemocionais. Além do aprendizado também precisamos ter essa atenção especial com o emocional neste momento”, destacou Wandreza Bayona.

Os professores vão utilizar todos os recursos online para manter contato com os jovens. Vídeos são frequentemente enviados com orientações e informações importantes, tantos sobre o coronavírus quanto jornadas informativas para o desenvolvimento de competências e habilidades. Todas estas ações têm o foco em manter uma rotina que ajudará todos neste momento que a recomendação é permanecer em casa para que haja o controle da doença.

Sobre o Instituto Ser+

O Instituto Ser + é uma organização sem fins lucrativos, criada em 2007 e tem como propósito desenvolver o potencial de jovens em vulnerabilidade social, com idades entre 15 e 24 anos, contribuindo com a sua formação integral, descoberta de talentos e conquista do primeiro emprego, por meio do programa “Jovem Aprendiz”. Com metodologia própria e certificada pela Fundação Banco do Brasil, o Ser + é um certificador do Ministério do Trabalho para Lei de Aprendizagem. Mais de onze mil jovens já foram capacitados pelo Instituto e 75% desses ingressaram no mercado de trabalho. O Ser + desenvolve, ainda, programas de capacitação customizados, que podem explorar o contexto de diversidade de forma plural. Além disso, há também os programas de voluntariado em empresas, que já mobilizou mais de. Em 2014, a empresária Sofia Esteves, assumiu a presidência do Instituto, com o propósito devolver à sociedade tudo havia aprendido e conquistado, trabalhando por mais de 30 anos com o público jovem, estando à frente do Grupo Cia de Talentos.

 

Comentários

Os comentários não representam a opnião do jornal; a responsabilidade é do autor da menasgem.