NEWS CUIABÁ
Últimas Notícias Mato Grosso Política Artigos Esportes Economia Variedades Meio Ambiente Brasil Mundo

/ Brasil

19/07/2018 - 18h30
Imprimir

Doutor Bumbum e mãe são presos pela PM dentro de centro empresarial

Fonte: O GLOBO
A+ A-
Foto: REPRODUÇÃO

O médico Denis Cesar Barros Furtado, conhecido como "Doutor Bumbum", foi preso na tarde desta quinta-feira junto com a sua mãe, Maria de Fátima Barros Furtado, por policiais do Serviço Reservado (P2) do 31º BPM (Barra da Tijuca), a cerca de 7 Km do condomínio onde ele mora, na Barra. Eles estavam no escritório do novo advogado da dupla, que fica dentro do centro comercial Barra Space Center, na Avenida das Américas. Os dois são suspeitos de envolvimento no procedimento que causou a morte a bancária Lilian Calixto, de 46 anos, e estavam foragidos desde domingo.


Os dois foram levados para a 16ª DP (Barra da Tijuca), onde o crime é investigado. Segundo a delegada Adriana Belém, os dois se apresentariam ainda na tarde desta quinta à polícia.


- Eles já haviam negociado a apresentação, que aconteceria às 16h. Agora eles serão ouvidos, recolhidos. Vou cumprir o mandado de prisão. Eles não vão para Benfica, ainda tem muita coisa a ser esclarecida. Foi um desfecho satisfatório. A Polícia Milita e a Polícia Civil deram uma resposta rápida - afirmou a delegada, que vai indiciá-los por homicídio qualificado e associação criminosa.

O "Dr. Bumbum" se pronunciou através de um vídeo publicado em seu perfil no Instagram, na tarde desta quinta-feira, antes de ser preso. Em seu relato, ele diz que é um mistério a causa da morte de Lilian Calixto e que as acusações de que ele não é médico e que não era habilitado para realizar o procedimento são "injustiças":

"Boa tarde senhores. Como todo mundo sabe, aconteceu uma fatalidade, mas uma fatalidade acontece com qualquer médico", disse o doutor Bumbum.

Os PMs chegaram ao médico após receberem informações do Disque-Denúncia. Ainda de acordo com a corporação, nenhum objeto do médico e de sua mãe foi apreendidos. Os policiais cumpriram o mandado de prisão e levaram os dois para a delegacia com seus pertences.

 

Mais cedo, policiais do 10º BPM (Barra do Piraí) tinham feito uma busca em Vassouras, no Sul Fluminense. Os agentes foram até uma fazenda e um hotel na cidade de propriedade do empresário Carlos César Matoso Furtado, pai de Denis, que confirmou que o filho esteve no local na semana passada. Um vídeo mostra o momento em que o "Dr. Bumbum" e a mãe são presos em centro empresarial da Barra da Tijuca.

A namorada de Denis, Renata Fernandes Cirne, de 19 anos, foi presa no domingo, após a morte da bancária. Ela foi transferida na quarta-feira para o presídio de Benfica, na Zona Norte do Rio, e é acusada de ter participado do prodimento que terminou com a morte de Lilian Calixto.


Nesta quinta-feira, o Conselho Regional de Medicina do Distrito Federal (CRM-DF) cassou o registro do médico em um processo ético-profissional. A decisão ainda deve ser submetida ao Conselho Federal de Medicina (CRM), e cabe recurso. Em março de 2016, o “Doutor Bumbum” foi alvo de uma interdição cautelar para o exercício da profissão, a qual foi suspensa três meses depois pela Justiça. O CRM-DF informou que o processo é sigiloso e não deu detalhes sobre o caso. O médico também possui registro profissional no CRM de Goiás.

 

 

  Últimas

19/07/2018 - 18h30
Emissão especial dos Correios homenageia Ronald Golias
19/07/2018 - 18h30
Enade será aplicado neste domingo a 550 mil estudantes
19/07/2018 - 18h30
Seleção para o Mais Médicos terá limitador de vagas por município
19/07/2018 - 18h30
Curitiba participa do maior congresso mundial de cidades inteligentes
19/07/2018 - 18h30
GROSSL comemora 36 anos de história
© 2011 - Todos os direitos resevados a News Cuiabá
Fale conosco: contato@newscuiaba.com.br
JobDigital