NEWS CUIABÁ
Últimas Notícias Mato Grosso Política Artigos Esportes Economia Variedades Meio Ambiente Brasil Mundo

/ Mato Grosso

25/10/2011 - 17h46
Imprimir

Sefaz retém 28 automóveis oriundos de operações fiscais irregulares

Fonte: Assessoir
A+ A-
Foto: Sefaz

A Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz-MT) reteve, nesta terça-feira (25.10), 28 veículos de passeio zero-quilômetro oriundos de operações fiscais irregulares de vendas diretas da fábrica, em São Paulo, a consumidor de Mato Grosso, sem o devido emplacamento aqui no Estado.O superintendente de Fiscalização da Sefaz, Último Almeida de Oliveira, explica que, pela Lei Estadual n. 9.572/2011, as locadoras são obrigadas a licenciarem e emplacarem seus veículos em Mato Grosso.

 

Cabe a concessionária filiada à montadora efetuar a mera entrega do bem.Contudo, os 28 veículos em questão foram faturados em São Paulo e emplacados em Minas Gerais, com nota fiscal para Mato Grosso, o que implica fortes indícios da falta de recolhimento do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) para Mato Grosso.Até que seja providenciada a alteração do emplacamento, os automóveis ficarão retidos no pátio da concessionária em Mato Grosso. Além disso, agora, diante dos fortes indícios da falta de recolhimento do ICMS para o Estado, a equipe da Superintendência de Fiscalização da Sefaz-MT vai realizar auditoria mais apurada dos documentos fiscais das operações para verificar se o imposto foi ou não pago a Mato Grosso. Caso seja confirmada a falta de recolhimento do ICMS para o Estado, a Sefaz vai autuar a montadora ao pagamento do imposto devido, mais multa.

 

Além disso, o emplacamento dos veículos em Minas Gerais impossibilita a arrecadação do Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) para Mato Grosso. Por conta disso, a Sefaz vai suspender o benefício da isenção do IPVA no primeiro emplacamento dos automóveis em questão.As operações correspondem à comercialização de aproximadamente R$ 670 mil, as quais gerariam cerca de R$ 60 mil de ICMS e IPVA para o Estado. A irregularidade foi detectada em monitoramento das notas fiscais eletrônicas emitidas pelo fabricante para o Fisco de Mato Grosso. A ação faz parte de monitoramento constante das operações de vendas diretas de veículos a consumidor, desde a emissão da nota fiscal até a entrega no Estado.  

  Últimas

25/10/2011 - 17h46
Rapaz de 23 anos é encontrado morto na piscina de casa em Cuiabá
25/10/2011 - 17h46
Suspeito usa procuração falsificada para transferir BMW para seu nome
25/10/2011 - 17h46
Força Tática apreende dois menores por roubos em Rondonópolis
25/10/2011 - 17h46
Sindalcool e UFMT promovem 1ª oficina sobre DDG e DDGS em Mato Grosso
25/10/2011 - 17h46
Ladrão rouba facas no Extra tenta atacar seguranças
© 2011 - Todos os direitos resevados a News Cuiabá
Fale conosco: contato@newscuiaba.com.br
JobDigital