NEWS CUIABÁ
Últimas Notícias Mato Grosso Política Artigos Esportes Economia Variedades Meio Ambiente Brasil Mundo

/ Mato Grosso

11/05/2018 - 18h14
Imprimir

Governo atende antiga reivindicação de servidores encampada pelo Sintap

Fonte: ADRIANA NASCIMENTO
A+ A-
Foto: REPRODUÇÃO

Um passo importante foi dado na última quinta-feira (10.05) pelo Governo do Estado em melhorar o atendimento de 39, das 140 unidades de atendimento do Instituto de Defesa Agropecuária (Indea), com a assinatura de autorização de repasse de R$ 9,5 milhões advindos do Fundo Emergencial de Saúde Animal do Estado de Mato Grosso (Fesa) e do Fundo Mato-grossense de Apoio à Cultura da Semente (Fase). Os recursos já estavam disponíveis há algum tempo, mas somente agora é que poderão ser utilizados dando um “refresco”, mas ainda sem matar a sede de tudo o que a autarquia precisa para ter condições de excelência no atendimento. Ainda assim a entidade que representa os servidores desse órgão, o Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso (Sintap), agradece a ida em direção a essa antiga reivindicação dos servidores que foi ratificada pelo sindicato para ganhar mais força e execução mais célere.

 

Em sua fala, a presidente do Sintap, Rosimeire Ritter - que foi acompanhada do diretor-geral da entidade, Vânio Luís Brandalise -, lembrou que trabalha no Indea há 22 anos e, vindo do interior, confessa que esse anseio de ver essas unidades reformadas vem ao encontro com o que realmente o trabalhador do interior sofre. “Não só o produtor rural sofre no atendimento, na precariedade das unidades, mas nós, servidores, ficarmos oito horas por dia dentro de um ambiente insalubre é muito complicado”, ressaltou.

 

Já como presidente, sua fala indicou que todos recebem com muita satisfação essa alocação de recursos para adequar e reestruturar as unidades de atendimento do Indea. “Salientamos que essa é uma reivindicação dos próprios servidores ratificada pelo Sintap, com vistas a melhores condições de trabalho e também ofertar o melhor serviço aos nossos clientes (os produtores rurais). Como o próprio nome diz somos servidores “públicos” e nosso maior objetivo é prestar um serviço de qualidade à população. Por isso, agradecemos a todos os envolvidos: os Fundos (FESA e FASE), o Indea, o Governo do Estado, por esta iniciativa e contamos com a alocação de recursos futuros para não baixar o nível do atendimento do serviço prestado à população porque hoje a gente está vendo esta reforma, mas não podemos parar por aqui, precisamos prezar pela continuidade do bom atendimento”, frisou.

 

O projeto contempla a reforma das 140 unidades do Indea e engloba aquisição de mobiliários e a adequação das redes lógica e elétrica. Nesta sexta-feira (11.05) será inaugurada a unidade de Juína, a primeira a ser contemplada pelo projeto. Contudo, o Sintap tem conhecimento de que o Indea tem um terreno doado pela prefeitura sem ser utilizado e que bem poderia ser um prédio sem ônus de aluguel como o atual. Segundo a presidente do Indea, Daniella Bueno, este é um momento histórico para a autarquia. “Tem unidades com mais de 20 anos sem reforma e cerca de 30 mil produtores e quase 250 servidores serão beneficiados com a reforma desses primeiros 30 imóveis. As obras irão proporcionar um ambiente de trabalho de qualidade para o servidor e oferecer mais conforto aos clientes do Indea, que são os produtores rurais”.

 

Apesar da ressalva da presidente do Sintap o governador Pedro Taques lembrou que em 20 anos, conforme frisou Daniela, nenhum gestor fez nada sobre o problema e, neste Governo, esse passo foi dado. De acordo com o Sintap, a atitude é louvável, contudo é preciso resolver também a questão da limpeza nas unidades, segurança e mobiliário mínimo de conforto aos atendidos e atendentes. O Sintap segue em busca de ajudar nas soluções destes problemas que ainda urgem de serem resolvidos.

 

As 30 unidades alvos do projeto são: Água Boa, Nova Xavantina, Alta Floresta, Apiacás, Arenápolis, Barra do Bugres, Campo Novo do Parecis, Tangará da Serra, Araguainha, Barra do Garças, Cáceres, Araputanga, Chapada dos Guimarães, Metropolitana de Cuiabá, Poconé, Aripuanã, Brasnorte, Juína, Juara, Lucas do Rio Verde, Guarantã do Norte, Itaúba, Comodoro, Sapezal, Jaciara, Pedra Preta, São Félix do Araguaia, Vila Rica, Sinop e Cláudia.

 

Já as nove que vão receber obras adicionais são: Posto Fiscal de Guarantã do Norte e Barreiras Sanitárias: Corixa, Corixinha, Avião Caído, Las Petas, Fortuna, Marphil e Aristides Argenta Vila Rica. 

  Últimas

11/05/2018 - 18h14
Escola Superior do MP tem canal direto com diretor pelo Whatsapp
11/05/2018 - 18h14
Primeiros socorros auxiliam no salvamento de vítimas de infarto
11/05/2018 - 18h14
PM captura três com mandados de prisão em aberto na 1ª noite da Segurança Total
11/05/2018 - 18h14
Em mais de 85% das ocorrências em agências bancárias, bandidos não levaram dinheiro
11/05/2018 - 18h14
Operação conjunta constata irregularidades em imobiliária da Capital
© 2011 - Todos os direitos resevados a News Cuiabá
Fale conosco: contato@newscuiaba.com.br
JobDigital