NEWS CUIABÁ
Últimas Notícias Mato Grosso Política Artigos Esportes Economia Variedades Meio Ambiente Brasil Mundo

/ Meio Ambiente

23/07/2018 - 17h00
Imprimir

Pantanal mato-grossense estará presente em congressos nacionais

Fonte: TÁSSIA MACIEL
A+ A-
Foto: REPRODUÇÃO

A gestão bem sucedida do Sesc Pantanal da maior Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) do Brasil será apresentada em dois congressos nacionais, no final deste mês, em Florianópolis. Entre os dias 26 e 29 de julho, o pantanal mato-grossense será destaque no V Congresso Brasileiro das Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPN). De 31 de julho a 02 de agosto, o bioma estará representado no IX Congresso Brasileiro de Unidades de Conservação (CBUC). Em ambos, o Sesc Pantanal será apoiador e palestrante.

Mantida pelo Sesc há 20 anos, a RPPN Sesc Pantanal possui 108 mil hectares, corresponde a cerca de 2% da extensão total do pantanal mato-grossense. Já recebeu mais de 170 pesquisadores do Brasil e outros países, gerando cerca de 130 publicações científicas. O modelo de gestão, baseado no planejamento estratégico em consonância com o Plano de Manejo da Reserva, se destaca no âmbito da conservação do pantanal.

A Gerente de Pesquisa e Meio Ambiente do Sesc Pantanal, Cristina Cuiabália, ressalta que o Sesc tem sido cada vez mais requisitado para mostrar este trabalho, não só por ser gestor da maior RPPN do Brasil mas também por gerir uma área que está em um ambiente cheio de ameaças e com uma dinâmica completamente diferente de qualquer outro bioma do país. “Tem época que o Pantanal está todo inundado e tem período que está completamente seco, isso nos coloca diante de um desafio enorme e exige uma complexidade muito grande”, informa a gerente.

Com o tema “O futuro das RPPNs”, o Congresso Brasileiro das Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPN), deve reunir mais 500 participantes, entre proprietários gestores de reservas, gestores públicos, representantes de organizações não governamentais, consultores de empresas, pesquisadores, estudantes e demais interessados no tema.

Realizado desde 1997 pela Fundação Boticário, o Congresso Brasileiro de Unidades de Conservação reunirá os principais especialistas do Brasil e do mundo em uma programação que oferece um espaço de colaboração, diversidade de atividades e inovação. Este ano o tema será Futuros Possíveis: Economia e Natureza.

Cristina destaca que estas são oportunidades de mostrar a diversidade do pantanal, o trabalho desenvolvido e promover o intercâmbio com outras Unidades de Conservação. “As pessoas querem saber como é feito o monitoramento, as pesquisas, o manejo desta área. E a gente sempre tenta levar nossa experiência, nosso relato para inspirar outros gestores. Além de trazermos novas informações, absorvermos experiências, principalmente no que diz respeito à gestão participativa, à mobilização do entorno”. 

  Últimas

23/07/2018 - 17h00
Cuiabá deve registrar o dia mais seco do ano, com umidade de até 10%
23/07/2018 - 17h00
Produtores protestam contra criação e ampliação de unidades de conservação no Pantanal
23/07/2018 - 17h00
Agricultor mato-grossense também é campeão na preservação ambiental
23/07/2018 - 17h00
Período de seca é ideal para turistas conhecerem diversidade da fauna no Pantanal
23/07/2018 - 17h00
Formação em Educação Ambiental capacita professores indígenas e da rede pública
© 2011 - Todos os direitos resevados a News Cuiabá
Fale conosco: contato@newscuiaba.com.br
JobDigital