NEWS CUIABÁ
Últimas Notícias Mato Grosso Política Artigos Esportes Economia Variedades Meio Ambiente Brasil Mundo

/ Economia

04/02/2019 - 12h33
Imprimir

Corretores de imóveis e empreendimentos comemoram ótimos resultados no mercado imobiliário em MT

Fonte: ASSESSORIA
A+ A-
Foto: REPRODUÇÃO

Para eles, não há desafio impossível ou transação perdida. Mesmo diante do cenário de instabilidade e crise político-econômica que afetou o país em 2018, corretores de imóveis – e empreendimentos – desdobraram-se para superar suas metas de venda em prol de cativar o cliente e fechar um bom negócio. Em Mato Grosso, esse quadro não foi diferente e as perspectivas para 2019 já animam o setor imobiliário.

 

Para a corretora de imóveis Dalcy Santana, da BC Genera, o segredo para driblar qualquer obstáculo pode ser traduzido em alguns fatores: atenção, informação – respostas na ponta da língua – e tempo para esclarecer todas as dúvidas do cliente e deixá-lo seguro com a transação. Dalcy pondera que, particularmente, em 2018, as pessoas miraram numa boa rentabilidade em curto prazo – a clareza de que estariam fazendo um bom negócio em um bom momento tendo em vista o cenário nacional como um todo.

 

“O mercado é muito emocional – muda o tempo todo – e é influenciado por diversos aspectos. Um exemplo disso foi a última eleição presidencial que provocou alterações no cenário. Mas, para além dessa questão, é preciso entender o que o cliente busca. Isto engloba respostas prontas, otimização de seu tempo para compreender as vantagens e/ou desvantagens de cada negociação e a praticidade em relação à esclarecer as funcionalidades/diferencias do empreendimento almejado”, ressalta.

 

Neste viés, Dalcy reforça que conhecer bem o produto a ser oferecido é primordial para fechar um negócio – ou seja, para transformar a curiosidade em interesse e, na sequência, converter em venda. A corretora de imóveis acredita que, em 2019, a inovação também será outra peça-chave nessa jornada e pontua que valor é diferente de preço: ele é o resultado de uma negociação positiva somada ao atendimento e diferencias do empreendimento a ser comercializado.

 

“Como corretora, minha primeira venda foi estrangeira – um apartamento do Brasil Beach em Cuiabá. Por conhecer a fundo o empreendimento da BC Genera, apresentei argumentos concretos: o projeto chileno traz inovação, praticidade, contato com a natureza e flexibilidade na negociação ao respeitar as necessidades de cada cliente, por exemplo. A questão é que negociar é uma arte. Arte que estará fortemente presente em 2019. O índice de confiança do cliente já melhorou”, relembra.

 

EMPREENDIMENTOS – Um ponto fora da curva. É dessa forma que o Brasil Beach Home Resort se apresentou no mercado mato-grossense em 2018. O empreendimento bateu seu próprio recorde histórico de vendas: encerrou o ano com 15% a mais de negociações convertidas do que em relação a 2017.

 

Conforme explica o diretor comercial do Brasil Beach, Bernardo Bonilha, apesar da forte crise que atingiu o setor imobiliário no ano passado, o empreendimento superou suas expectativas e se fortaleceu no mercado regional ao apostar em fatores que vão desde a intensa capacitação das equipes de vendas, a oferta de diferenciais/vantagens até a compreensão – com clareza – acerca de quais são os perfis de seus clientes.

 

“Não tivemos um abalo muito forte com a crise. Pelo contrário, atestamos a força do Brasil Beach – que bateu metas e se reafirmou como um fenômeno de vendas. Inclusive, ultrapassamos nosso recorde histórico de 2016 já em novembro do ano passado. Mas, tudo isso chega como resultado de uma série de elementos – como, por exemplo, uma estrutura singular no Estado, equipes de vendas qualificadas e personalização da compra voltada para o perfil do cliente”, destaca.

 

Bernardo complementa que, além de contar com diferenciais como uma praia artificial particular com 32 mil metros quadrados e um bom custo-benefício em relação ao valor do condomínio e opções de lazer, o Brasil Beach facilita o processo de compra. “Ao identificar o potencial de pagamento do cliente, conseguimos fazer o apartamento caber no bolso dele. Planejamos a compra. E há várias modalidades – entre elas, a chave programada. No entanto, os estoques estão se esgotando rapidamente. É preciso correr. Estamos otimistas com 2019”, pondera.

 

  Últimas

04/02/2019 - 12h33
Número de dividas cai 6.86% em março em relação ao mesmo mês de 2018
04/02/2019 - 12h33
Projeto Taurino Tropical proporciona carne de alta qualidade ao consumidor mato-grossense
04/02/2019 - 12h33
Plaenge é destaque no ranking Valor 1000
04/02/2019 - 12h33
Integrantes do CESPC visitam mais três cidades de MT
04/02/2019 - 12h33
Associação Comercial de Cuiabá realiza palestra gratuita sobre desenvolvimento de equipe
© 2011 - Todos os direitos resevados a News Cuiabá
Fale conosco: contato@newscuiaba.com.br
JobDigital