NEWS CUIABÁ
Últimas Notícias Mato Grosso Política Artigos Esportes Economia Variedades Meio Ambiente Brasil Mundo

/ Política

17/04/2018 - 07h55
Imprimir

Pastorello não muda postura e cobra duramente do Estado repasses da saúde ao Município

Fonte: ASSESSORIA
A+ A-

Na sessão dessa segunda-feira, 16 de abril, em discussão de requerimento a respeito da produtividade médica, o vereador Cézare Pastorello (Solidariedade), cobrou duramente o governo do Estado.

“Eu vi aqui dois vereadores dizendo que o problema da saúde municipal é falta de dinheiro. Que o município gasta mais do que o mínimo obrigatório, todos sabemos. Mas, de janeiro de 2017 para cá, o Estado empenhou, liquidou e não pagou, quase 2 milhões de reais. É claro que esse dinheiro teria utilização na rede municipal,” declara Pastorello.

Ainda no uso da Tribuna, o vereador faz um diagnóstico de problemas que acontecem no PAM, que ele também atribui ao Estado. “Não podemos isentar a gestão Estadual de Saúde dos problemas pelos quais passamos no PAM. Hoje, temos pacientes que ficam, precariamente, “internados” no PAM, por mais de uma semana, porque não conseguem regulação, ou seja, são tratados no PAM. Os médicos usam do tempo que deveriam estar atendendo urgências e emergências dando acompanhamento a pacientes que deveriam estar internados a cargo do Estado. Já tivemos o caso absurdo do PAM ter que improvisar o isolamento de um paciente com suspeita de meningite.”

Para Pastorello, os servidores da saúde municipal operam verdadeiros milagres com os poucos recursos que têm. Reconhece a melhoria na estrutura que o Município adquiriu, como veículos e medicamentos, mas, não deixa de dizer que a saúde municipal não é melhor porque assume parte da responsabilidade da Saúde Estadual.

Questionado sobre a sua posição no partido Solidariedade, que é um dos que fará parte da base do Governador Pedro Taques para reeleição, Pastorello é enfático: “eu mudei de partido, mas, não mudei quem eu sou, muito menos mudei as minhas prerrogativas parlamentares. Vou continuar cobrando o que a lei me permite, até o seu limite, para melhorar a saúde da população.” 

  Últimas

17/04/2018 - 07h55
ALMT cria Câmara Setorial Temática para debater Taxação do Agronegócio
17/04/2018 - 07h55
Provas do concurso da Educação serão domingo em vários locais da Capital
17/04/2018 - 07h55
Projeção mapeada trará homenagem ao personagem Mickey Mouse
17/04/2018 - 07h55
Prefeitura concede descontos a contribuintes em dívida com o Município
17/04/2018 - 07h55
TRE MT aprovada por unanimidade contas de campanha de Jayme Campos
© 2011 - Todos os direitos resevados a News Cuiabá
Fale conosco: contato@newscuiaba.com.br
JobDigital